Prefeitura Municipal de Varginha - todos os direitos reservados / Elaboração: Kairós Desenvolvimento Social


Apresentação


O Diagnóstico Social de Varginha apresenta um conjunto de 75 indicadores sobre a situação da população residente na cidade e seu acesso a políticas públicas, além de dados sobre a existência de creches, escolas, unidades de saúde e de assistência social em cada região. Para este sistema, a cidade foi dividida em 19 regiões urbanas mais a zona rural, o que permite a análise das desigualdades existentes e a identificação dos territórios de maior prioridade.

Este diagnóstico é a base para a construção do Plano Municipal de Assistência Social, mas dá subsídios a todas as outras políticas públicas e para a própria população. É, ao mesmo tempo, um instrumento de planejamento, gestão e transparência. Ele permite estabelecer metas de transformação a partir do conhecimento detalhado da realidade atual. Depois, pelo acompanhamento da variação dos próprios indicadores, verificar o quanto foi atingido em relação às metas propostas.

A análise territorializada, isto é, por regiões da cidade, é um dos pilares da política de Assistência Social, que passa por um processo acelerado de transformação - deixando de ser uma política de atendimento de 'carências' para se tornar garantidora de direitos e transformadora das condições locais. Nesse processo, a organização e o uso de informações detalhadas desempenham um papel fundamental, para que a Assistência Social possa focar suas ações em resultados e impactos duradouros.